Translate

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Nascente


Fui tanto rio abaixo
Lá da nascente que nem sabia que era nascente
Fui tanto rio abaixo

Escorreguei escapando da margem direita
Direto para o oposto
E da esquerda para o oposto

Fui tanto rio abaixo
Lá da nascente lá atrás

E aí eu só olhava

Escorregando
Escapando de galho aqui
E galho ali

Quando tudo parou
O barco me lançou à terra